(51) 9951 8026
    (51) 8191 3395
    (51) 8253 6003
  inarf@inarf.org.br


Fevereiro/2014

ADELI E SMIC JUNTOS NA CONSTRUÇÃO DE UM CONSELHO MUNICIPAL DE COMBATE À PIRATARIA s

Quando o tema é combater ilícitos, todos buscam beber na fonte da experiência e da coragem do ex-secretário municipal da Produção Indústria e Comércio, ex-vereador Adeli Sell. O bate-papo desta quarta-feira (22.01) não foi diferente. Por iniciativa do secretário-adjunto da SMIC José Peres, Adeli, que atualmente exerce a função de secretário adjunto do Gabinete dos Prefeitos, foi até a secretaria debater a criação do Conselho Municipal de Combate à Pirataria.

Na oportunidade, Peres reafirmou a disposição da Prefeitura em enfrentar com vigor o problema da comercialização de produtos falsificados nas ruas da capital gaúcha e pediu ajuda a Adeli. “Queremos com este conselho conscientizar as pessoas que pirataria é ilegal sob a ótica de todos os prismas”, disse ele.

Para se ter uma ideia dos números, desde o início de 2013 até 26 de novembro, os fiscais realizaram 1.498 autos de apreensão e recolheram 85.413 itens. Foram retirados das ruas 53.508 DVDs, 7.717 cigarros, 1.320 óculos de sol e de grau, 646 celulares, entre outras mercadorias. Apesar das apreensões, na avaliação de Adeli é perceptível o aumento no comércio de produtos ilegais, principalmente cigarros, óculos de grau e sombra, CDs e DVDs.

“Uma rápida caminhada pelas ruas do nosso centro e é possível flagrar a venda livre de réplicas de produtos de marcas famosas. Tudo sendo comercializado de forma descarada, à luz do dia, aos olhos de quem quiser ver, ou não. Por isto louvo esta medida apresentada pelo secretário-adjunto, pois com a implantação deste órgão, todas as medidas antipirataria – como fiscalização, operações conjuntas para apreensão de produtos e campanhas de conscientização – passariam a ser trabalhadas de forma integrada e coordenadas pela prefeitura, o que garantiria mais eficácia e melhores resultados para a sociedade”, afirmou.

A ideia do Executivo é enviar o projeto de lei ainda neste semestre para a Câmara de Vereadores. O conselho terá por objetivo aglutinar representantes de classes, poder público e empresariado para que juntos possam tomar medidas antipirataria – como fiscalização, operações conjuntas para apreensão de produtos e campanhas de conscientização.

Abrasel

Outra pauta defendida por Adeli na reunião diz respeito à lei que regulamenta e distingue Casa Noturna de Bares, Restaurantes, Pubs e Bistrôs em Porto Alegre. Acompanhado da superintendente da Abasel/RS Thaís Kapp, Adeli pediu tratamento especial ao caso, já que importantes casas noturnas tem sido autuadas pela prefeitura. A última ocorreu na sexta-feira, quando a Prefeitura interditou o restaurante Rambla, no bairro Moinhos de Vento, porque a atividade exercida no local estava em desacordo com a estabelecida em sua autorização para funcionamento. O estabelecimento possui licença de “restaurante e pizzaria sem forno a lenha”, com limitação de horário até a meia-noite e vedado o uso de som. Mas a empresa funcionava como casa noturna, com música ao vivo e atendimento até a madrugada.

Por Tatiana Feldens

Jornalista (reg. Prof. 13 654)


 
FEVEREIRO
Adeli e SMIC juntos na construção de um conselho Municipal de Combate à Pirataria
Saber+
 
DEZEMBRO
Bambu como Alternativa para o Desenvolvimento Sustentável de Pequenas Propriedades Rurais
Saber+
NOVEMBRO
INARF avalia a realização de parceria com empresas européias para implantação de estações de fontes de energias renováveis..
Saber+
SETEMBRO
Direito de resposta consedido ao CICB em virtude de matéria da Revista Quatro Rodas.
Saber+
AGOSTO
INARF visita a feira CASA BRASIL em Bento Gonçalves.
Saber+
 

 
Fones: 55 -51 9951 8026 | 51 8191 3395 | 51 8253 6003